Etiquetas

, , , ,


Coentrão

Toni espera que o jogador emprestado pelo Real Madrid “não seja tão feliz no Sporting, como foi no Benfica”.

Toni desdramatiza a chegada, a Alvalade, de Fábio Coentrão, jogador que, entre 2009 e 2011, representou o Benfica, antes de rumar ao Real Madrid.

Em declarações à Rádio Renascença, o antigo jogador encarnado sublinha que “um profissional deve olhar para o seu presente e seu futuro” e considera que as ‘juras de amor’ feitas ao clube da Luz não passaram de “um momento de euforia”.

“Se o presente passa pelo Sporting, é pelo Sporting que o Fábio Coentrão deve entregar-se de corpo e alma. Por isso, essa coisa do amor à camisola é chão que já deu uvas. O que espero é que não seja tão feliz no Sporting, como foi no Benfica”, atirou.

Quanto à resposta de Salvio, que deu os exemplos de “Luisão, André Almeida e Jardel” como de dedicação ao clube, Toni recorda que o argentino “já teve hipóteses de ter saído, mas teve lesões que o impossibilitaram”.

Fonte: Noticias ao Minuto