Etiquetas

, , , , ,


Criança foi resgatada com vida e está no hospital. Apresentava sinais de subnutrição, tortura e espancamento. Autoridades tentam descobrir a sua nacionalidade.

Criança foi resgatada com vida e está no hospital. Apresentava sinais de subnutrição, tortura e espancamento. Autoridades tentam descobrir a sua nacionalidade.

Foi encontrado na cidade do México um menino de quatro anos acorrentado com sinais de violência extrema, reporta o Daily Mail. A criança estava subnutrida, com sinais de espancamento e tortura (tinha marcas de queimaduras feitas com cigarros).

O menino foi encaminhado para o hospital onde ainda se encontra a recuperar dos múltiplos ferimentos. Embora demonstre ainda dificuldades em falar, conseguiu dizer o seu nome e o que se acredita que seja dos seus pais.

A Procuradoria-geral do México avança agora, através de comunicado, que pediu ajuda à embaixada norte-americana na identificação da nacionalidade da criança, suspeitando que seja oriunda dos Estados Unidos.

O menino foi resgatados pelas autoridades na sequência de uma chamada anónima. Duas pessoas, Juan Carlos Loaeza e Olivia Castro, identificadas como o alegado tio e tia da criança, foram detidos com relação ao caso.

Os dois detidos negaram, no início, ter o menino em casa mas a polícia acabou por o encontrar preso com correntes de metal num quarto sem luz. Os suspeitos alegam que estavam a tomar conta da criança a pedido do pai.

Fonte: Noticias ao Minuto