Etiquetas

, , ,


Não só o homem não morava na Torre Grenfell como não tinha mulher nem filho.

Não só o homem não morava na Torre Grenfell como não tinha mulher nem filho.

Um homem foi detido por suspeita de ter tentado obter dinheiro de forma fraudulenta, alegando que perdeu a família no incêndio na Torre Grenfell, em Londres.

O suspeito, de 52 anos, mentiu às autoridades ao afirmar que residia no prédio que foi destruído pelas chamas e que perdeu não só todos os seus bens como a mulher e o filho no incêndio.

O seu discurso incongruente levantou algumas suspeitas que vieram a confirmar-se: não só o homem não morava na Torre Grenfell como não tinha mulher nem filho. Tudo não passava de uma mentira para tentar obter ajudas financeiras.

Ao Daily Mail, Fiona McCormack, responsável da Polícia Metropolitana, mostrou-se inflexível para com aqueles que “procurem lucrar com o sofrimento dos outros”. O suspeito foi, por isso, detido e permanece sob custódia policial.

Fonte: Noticias ao Minuto