Etiquetas

, , ,


António Costa

Primeiro-ministro falou com os jornalistas a partir da sede da Autoridade Nacional de Proteção Civil, em Lisboa.

“Infelizmente, esta é seguramente a maior tragédia de vidas humanos que temos conhecimento nos últimos anos em Portugal numa situação de incêndios florestais”, começou por dizer António Costa à chegada à sede da Autoridade Nacional de Proteção Civil, em Carnaxide.

O primeiro-ministro reiterou que não ainda confirmadas o número total de vítimas levando-o a afirmar que se pode estar “perante a maior tragédia que temos vivido” em Portugal.

O chefe do Governo sublinhou que ainda não estão apuradas as causas que levaram à propagação tão rápida deste incêndio mas que “a prioridade, neste momento, é controlar os incêndios que continuam a lavrar”, nomeadamente as frentes ativas em Pedrógão Grande, Castanheira de Pêra, Figueiró dos Vinhos e Góis.

[Notícia em atualização]

Fonte: Noticias ao Minuto