Etiquetas

, , ,


protetor solar

Sabe qual é a validade do seu protetor solar? Consegue ou não perceber se já não está bom para utilizar?

A maioria dos protetores solares tem uma validade de 12 meses – pode confirmar num pequeno símbolo na parte de trás com o formato de uma embalagem de creme e que tem o número de meses de validade.

A edição britânica da revista Cosmopolitan falou com o dermatologista Mervyn Patterson sobre várias questões relacionadas com os protetores solares. O especialista começa por alertar que é muito importante respeitar a validade dos protetores solares, uma vez que “os químicos se degradam e pode perder o seu efeito protetor”.

Já não se lembra há quanto tempo é que abriu o protetor solar? O dermatologista revela que a melhor forma de perceber se o protetor solar expirou e já não pode ser usado é reparar no cheiro e na textura do produto.

“Se estiver diferente em termos de textura ou cheiro do que quando o comprou, algo pode estar errado no produto. Neste caso, é melhor simplesmente deitá-lo fora.”

O que é que acontece se usar um protetor solar expirado por acidente? É provável que se queime e a fórmula em si poderá desencadear uma reação alérgica na sua pele. O especialista explica: “Se um protetor solar se deteriorou, então, teoricamente, existe o risco de alteração química dos ingredientes”.

A maioria dos cremes solares foi feita para durar muito, no entanto, como geralmente o levamos para locais com grande exposição solar – praia, piscina, etc – até as formulações mais estáveis correm o risco de se estragar.

A forma como transporta e guarda o seu protetor solar pode garantir que não se estraga mais cedo que a validade. Deve guardá-lo num local à sombra e de preferência fresco e seco.

Fonte: Noticias ao Minuto