Etiquetas

, , , , ,


Investigadores calcularam os danos provocados por quasars.

Investigadores calcularam os danos provocados por quasars.

O centro de todas as galáxias alberga pelo menos um buraco negro supermassivo, designados por quasars quando ativos, mas segundo a Scientific American, só agora se sabe mais sobre a forma como estes atuam.

Um novo estudo publicado nas notícias mensais da Real Sociedade de Astronomia da universidade de Oxford, analisou quando, onde e como são os planetas afetados pelos quasars.

Os investigadores Loeb e John Forbes calcularam que metade dos planetas do universo perderam o equivalente à atmosfera de Marte, 10% o equivalente à atmosfera da terra e 0,2% o equivalente a todos os oceanos da terra, ‘engolidos’ por buracos negros.

Felizmente, o buraco negro existente na Via Láctea, o Sagittarius A*, está muito longe do Sistema Solar, a 26 mil anos-luz do planeta Terra.

Fonte: Noticias ao Minuto