Etiquetas

, , ,


Taça de Portugal

Taça de Portugal

Benfica e Vitória vão defrontar-se para conquistar o último troféu da temporada nacional. A Taça de Portugal guarda um dia diferente e vencê-la é sempre especial, independentemente de quantas já se tem na vitrine.

Vencer outra será o foco das duas equipas, dos dois treinadores e dos adeptos nas bancadas. Consegui-lo significará alcançar alguns registos: o Benfica, por exemplo, persegue um do Bayern Munique, enquanto o Vitória pode fazer do Minho a terceira zona do país com mais títulos destes.

Da Baviera até à Irlanda do Norte

O Benfica já alcançou um feito inédito do clube nesta temporada. Com o tetracampeonato, principal objetivo, conquistado, os encarnados partem para o Jamor em busca de um troféu que já não conquistam desde 2013/14.

Se triunfarem, será a 26ª Taça de Portugal do clube da Luz que, assim, fará mais uma dobradinha: juntar campeonato e Taça de Portugal.

As águias têm dez e na Europa das grandes ligas, apenas o Bayern Munique tem mais dobradinhas do que o Benfica: os bávaros têm 11. Na Alemanha, apenas a equipa da Baviera tem mais do que uma, com Colónia, Werder Bremen e Borussia Dortmund a terem conseguido esse feito uma única vez.

A competitividade da Premier League e, acima de tudo, da FA Cup tornam Inglaterra um caso especial, com sete equipas a fazerem o double, apesar de United e Arsenal serem os únicos a terem mais do que um.

O recorde europeu é, porém, do Linfield, da Irlanda do Norte. São 24 no total, um número sem paralelo neste Velho Continente e sem registo igual nos outros.

Quantos treinadores fizeram a dobradinha em Portugal?

Sobre o que Rui Vitória pode alcançar na Taça de Portugal, já a MF Total escreveu em edições anteriores.

Acrescente-se, ainda assim, que o técnico do Benfica pode tornar-se no 21º treinador a vencer Campeonato e Taça de Portugal na mesma temporada.

Será também o oitavo português a realizar esse feito e o nono treinador do Benfica com esse registo (apenas Otto Glória repetiu). Mais, até ao momento, apenas um português o fez no Benfica: Jorge Jesus, precisamente em 2013/14.

A revolta vitoriana e o 57 de Pedro Martins

Em termos geográficos, a Taça de Portugal ficou mais vezes na associação de Lisboa (45 troféus) do que noutra zona do país. Segue-se a AF Porto (22 títulos) e depois as de Braga e Setúbal. Se o Vitória ganhar, o Minho ficará com quatro e tornar-se na terceira associação com mais taças.

Para isso suceder, o Vitória terá de cumprir a 20ª rebelião contra os ditos grandes. No total da competição, há 19 Taças de Portugal conquistadas por clubes que não Benfica, FC Porto e Sporting.

Como se sabe, Rui Vitória estava no banco vimaranense quando a equipa do Berço conquistou a única Taça de Portugal que tem no historial. Desta vez, será Pedro Martins.

O treinador natural de Santa Maria da Feira pode ser o 57º a ganhar o troféu e assim fazer com que o Vitória, num ano em que ficou à frente do rival Sp. Braga na Liga, iguale o número de conquistas dos arsenalistas e da Académica de Coimbra e encurte distância para V. Setúbal e Belenenses (3) e ainda Boavista (5).

Fonte: maisfutebol