Etiquetas

, , ,


Mesmo sem dar conta pode estar a ter um comportamento passivo-agressivo com o seu parceiro em determinados momentos.

Mesmo sem dar conta pode estar a ter um comportamento passivo-agressivo com o seu parceiro em determinados momentos.

Ninguém gosta de pessoas passivo-agressivas, mas a verdade é que às vezes também temos comportamentos do género mesmo sem nos apercebermos.

E geralmente a pessoa com quem tem isso tipo de comportamentos sem dar é a sua cara-metade. Para que comece a estar mais atento e consiga travar a agressividade passiva na sua relação amorosa revelamos-lhe cinco comportamentos passivo-agressivos que, segundo o site Pure Wow, costumam passar despercebidos:

Castigar a outra pessoa com o seu silêncio. É melhor ficar calado do que discutir? Não necessariamente. É normal precisar de uns momentos para processar aquilo que o está a chatear, mas depois deve falar com o seu parceiro. Muitas pessoas ficam chateadas e em silêncio a preocupar o parceiro e à espera que este pergunte tantas vezes o que se passa que a discussão rebente.

Fazer críticas em forma de elogios. Dizer coisas como “adoro quando cortas a barba, ficas tão giro” ou “Uau, obrigada por teres limpado a cozinha” pode parecer simpático, mas na verdade são elogios que escondem críticas como “ficas mais feio com barba” ou “nunca fazes nada, supreende-me que tenhas limpado a cozinha”. Prefira ser sincero com o seu parceiro e dizer-lhe logo que, por exemplo, não gosta da barba ou que precisa de ajuda nas limpezas.

Cobrar. Dizer ao seu parceiro que ele pode ir à vontade sair sem si e dias depois estar a cobrar-lhe por ter ido sem si é muito injusto. Da próxima vez que se sentir desconfortável com algo, fale na hora ou pelo menos no dia a seguir para poderem resolver as coisas de forma clara.

Dizer ‘Sim’ quando na verdade quer dizer ‘Não’. É normal que queira agradar o seu parceiro, mas quando não lhe apetece fazer uma coisa, por exemplo, não tem de dizer que ‘sim’ basta explicar porque é que não quer. Não diga que ‘sim’ só para evitar o confronto.

Procrastinar. Tal como dizer que ‘sim’ a tudo, ir a eventos com ar de quem foi arrastado ou esquecer-se propositadamente de algo que o seu parceiro lhe pediu normalmente mostra que algo não está. Perceba o que lhe está a tirar a motivação e avance ou simplesmente diga ‘Não’ quando não quiser fazer algo.

Fonte: Noticias ao Minuto