Etiquetas

, , ,


James Comey

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, demitiu o diretor do FBI, James Comey, noticia a BBC, citando a Casa Branca.

“Hoje, o Presidente Donald Trump informou que o diretor James Comey foi retirado do cargo”, referiu a Casa Branca, num comunicado do secretário de imprensa, Sean Spicer.

Nesse comunicado, emitido esta terça-feira, Sean Spicer informou que a decisão de Donald Trump teve em conta as “claras recomendações” do Procurador Geral Jeff Sessions e do vice-procurador geral Rod Rosenstein.

Numa carta enviada ao próprio Comey, Trump disse-lhe que ele “não era capaz de liderar com eficácia” o FBI e que era preciso uma nova liderança para restaurar a confiança. A procura do sucessor de Comey “começa imediatamente”, disse ainda.

Comey, recorde-se, liderou o inquérito sobre a suposta interferência russa nas últimas eleições presidenciais.

Ex-procurador federal e antigo vice-secretário da Justice, James Comey, de 56 anos, esteve muito tempo ligado aos republicanos, mas foi nomeado pelo antigo presidente democrata, Barack Obama, para a direção do FBI.

Quando tomou posse, a 20 de janeiro, Donald Trump pediu-lhe que permanecesse em funções.

A notícia do afastamento do diretor do FBI surge também depois de a agência AP ter noticiado que o FBI tinha enviado uma carta ao Congresso a corrigir o registo das declarações feitas no testemunho de Comey sobre Huma Abedin, uma colaboradora de Hillary Clinton.

Na carta enviada hoje, o FBI diz que Comey expressou-se mal quando disse que Abedin tinha reencaminhado “centenas de milhar” de emails do portátil do marido, um antigo congressista Anthony Weiner.

O FBI disse que apenas um pequeno número de emails encontrados no portátil tinha sido reencaminhado e muitas das situações se prendiam com o “backup” de outros dispositivos eletrónicos.

Fonte: Noticias ao Minuto