Etiquetas

, , , ,


Episódio ocorreu na passada quarta-feira. Menina ainda foi levada com vida para o hospital, mas acabaria por morrer.

Episódio ocorreu na passada quarta-feira. Menina ainda foi levada com vida para o hospital, mas acabaria por morrer.

A passada quarta-feira viria a ser o início de um pesadelo para uma mãe de 31 anos que levou o filho ao dentista e de lá saiu para o hospital para, depois, vir a chorar a sua morte Nessa tarde, durante a anestesia, o médico deixou cair a agulha, fazendo com que esta perfurasse a garganta da criança de apenas três anos.

O sucedido aconteceu no Brasil. Diz o portal R7 que, quando o médico estava a anestesiar a menina, a agulha soltou-se da seringa e caiu na garganta, perfurando-a.

A criança foi de imediato levada para o Hospital Santa Marcelina, onde foi submetida a uma cirurgia para ser retirada a agulha e, de acordo com o que os médicos tinham dito à mãe, a intervenção tinha sido um sucesso.

Acontece que, nos dias seguintes, a menina teve surtos de febre muito alta que não baixavam. Veio-se a descobrir que tinha contraído uma infeção que lhe viria a ditar a morte, que aconteceu no passado domingo, depois de ter entrado em paragem cardiorespiratória.

Fonte: Noticias ao Minuto