Etiquetas

, , ,


Dentro da residência não estaria qualquer documento relacionado com o governo.

Dentro da residência não estaria qualquer documento relacionado com o governo.

O apartamento, em Paris, do primeiro-ministro francês Bernard Cazeneuve, foi assaltado no início desta semana, avança o Le Figaro. A polícia gaulesa refere, contudo, que o assalto não visava em especifico o politico.

Aliás, refere a imprensa francesa, os assaltantes nem sabiam a quem pertencia a casa antes de a assaltarem. “Tudo indica que aqueles que roubaram a casa, o fizeram sem saber que a casa onde estavam era a do primeiro-ministro”, disse uma fonte próxima do chefe de governo.

A publicação francesa refere, ainda, que Cazeneuve pediu, há alguns meses, que não houvesse um segurança permanente junto ao apartamento, dado que considerava que não se deviam desperdiçar recursos possivelmente necessários na luta contra o terrorismo.

Sabe-se que no apartamento não estaria qualquer documento relacionado com a sua atividade governamental.

Fonte: Noticias ao Minuto