Etiquetas

, , , , ,


Chapecoense

Cânticos deixaram Nilo Traesel “muito triste”.

Nilo Traesel revela-se triste pelos acontecimentos sucedidos na quarta-feira, nas bancadas do Dragão Caixa, durante o jogo de andebol entre FC Porto e Benfica, onde os Super Dragões entoaram cânticos que recordavam a tragédia que vitimou grande parte do plantel da Chapecoense.

“A direção do FC Porto deveria ter uma manifestação de repúdio, tomar uma posição e não resguardar-se por trás da claque. Deveria ser ela a assumir a responsabilidade, apurar quem foram os responsáveis e exigir desses um pedido de desculpa, em primeiro lugar, à Chapecoense”, começou por dizer o antigo dirigente da Chapecoense, em declarações ao jornal Record, antes de reforçar que o FC Porto deveria enviar um pedido de desculpas junto da direção do clube brasileiro.

“Desporto não é agressão. Está na altura das pessoas assumirem as suas responsabilidades. Não se podem demarcar. Têm de apurar responsabilidades e por ordem nas claques”, disparou.

Fonte: Noticias ao Minuto