Etiquetas

, , ,


Unidade Fiscal da Guarda apreendeu garrafas furtadas da Casa do Douro, referentes à colheita de 1934 e engarrafadas em 1967. Foi ainda apreendido vinho de mesa e aguardente

Unidade Fiscal da Guarda apreendeu garrafas furtadas da Casa do Douro, referentes à colheita de 1934 e engarrafadas em 1967. Foi ainda apreendido vinho de mesa e aguardente

A Unidade Fiscal da GNR apreendeu nesta quarta-feira, em Santa Marta de Penaguião e Peso da Régua, bebidas alcoólicas avaliadas em meio milhão de euros por introdução fraudulenta no consumo.

O Destacamento de Ação Fiscal do Porto desencadeou uma investigação que levou à realização de três buscas domiciliárias e três não domiciliárias, duas das quais a estabelecimentos de restauração e bebidas.

A GNR esclareceu, em comunicado, que durante estas buscas foram apreendidos 15.900 litros de vinho de mesa, 210 litros de aguardente e 5.100 litros de vinho do Porto, no valor total de 48.400 euros, dos quais mais de 14 mil euros correspondem ao valor de prestação tributária em dívida.

Segundo a fonte, foram ainda recuperadas 136 garrafas de vinho do Porto, referentes à colheita de 1934, engarrafadas em 1967 e que possuem um valor unitário estimado de 3.300 euros, que perfazem um valor total de 448.800 euros.

Estas garrafas de vinho do Porto foram, segundo a Unidade Fiscal, furtadas da Casa do Douro, situada no Peso da Régua.

No comunicado, a GNR indicou que a operação decorreu “já com todos os intervenientes identificados”, não especificando, no entanto, quantas pessoas estão envolvidas neste processo.

Fonte: tvi24