Etiquetas

, , ,


Keith Palmer

45 minutos antes de ser esfaqueado por Khalid Masood, o polícia que trabalhava no parlamento britânico, pousou para uma fotografia com uma turista

Keith Palmer tinha acabado o turno e preparava-se para ir para casa quando foi mortalmente esfaqueado por Khalid Masood. O ataque terrorista no coração de Londres, ainda sem resposta, tirou a vida a quatro pessoas, além do terrorista. Keith Palmer, polícia que trabalhava no parlamento britânico e quatro transeuntes, atropelados na ponte de Westminster. 45 minutos antes de morrer, Keith Palmer deixou-se fotografar com uma turista norte-americana.

Esta é, provavelmente, a última fotografia de Keith Palmer com vida. Staci Martin é a mulher que aparece ao seu lado na imagem, no exterior do parlamento.

Keith Palmer e Staci Martin junto ao parlamento britânico

Era a minha primeira vez em Londres e eu vejo-o com aquele chapéu. Pensei ‘tenho que tirar uma foto com ele e aquele chapéu”, conta à ABC News.

“Dirigi-me a ele e perguntei: ‘importa-se que tire uma fotografia?’. Ele respondeu ‘sem problema’ e foi muito simpático”, recorda

Menos de uma hora depois, quando estava dentro de um táxi, ouviu que tinha havido um tiroteio. Viu um helicóptero e várias ambulâncias.

Ela reconheceu Palmer após as autoridades divulgarem uma fotografia do agente da autoridade. Staci Martin acredita que aquela é a última fotografia dele e sente-se “obrigada” a fazer com que ela seja entregue à família.

Só quero ter a certeza que eles ficam com aquela imagem dele”, explica.

Durante uma cerimónia em memória de Keith Palmer, a agora viúva – Michelle Palmer, de 34 anos – afirmou: “Nós amamo-lo muito”. Sem pai fica a pequena Amy, de cinco anos. Estas foram as palavras que a mulher lhe dedicou:

‘Keith vai ser lembrado com um fantástico pai e marido. Um filho querido, um irmão e um tio. Era há muito adepto do Charlton FC. Era dedicado ao trabalho e tinha orgulho em ser polícia. Era corajoso. Amigo de todos os que o conheciam. Todos vão sentir a sua falta. Os amigos e a família estão devastados com a sua partida

Mas Staci Martin não foi a única turista a tirar fotografias com Keith Palmer. Andrew Thorogood, da Austrália, também passou por Londres em outubro passado e tirou uma fotografia, junto ao parlamento com o polícia. Uma imagem que, depois da tragédia, também publicou nas redes sociais.

Fonte: tvi24