Etiquetas

, , ,


Prisão

Não se terá tratado de um motim e não foram encontradas armas de fogo no local

O Tribunal de Instrução Criminal de Évora determinou hoje a prisão preventiva dos cinco homens e duas mulheres detidos, pela PSP, por suspeitas de formarem uma rede organizada de tráfico de droga na cidade, segundo fonte judicial.

A mesma fonte adiantou à agência Lusa que a medida de coação mais gravosa foi aplicada aos sete arguidos, com idades entre os 22 e os 50 anos, após o primeiro interrogatório judicial, que começou na quarta-feira e terminou hoje de madrugada.

As sete pessoas foram detidas numa operação policial, iniciada em Évora e que se alargou à cidade vizinha de Montemor-o-Novo, na segunda e terça-feira, no âmbito de uma investigação da Esquadra de Investigação Criminal.

A operação, segundo o Comando Distrital de Évora da PSP, envolveu a realização de 12 buscas domiciliárias e 12 não domiciliárias nas duas cidades, tendo a intervenção em Montemor-o-Novo contado com a colaboração da GNR.

A fonte judicial assinalou que as detenções resultaram de dois processos que decorreram em paralelo a cargo de cada uma das polícias (PSP e GNR), em articulação com o Ministério Público (MP) do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Évora.

Após a operação, acrescentou a mesma fonte, o MP procedeu à junção dos dois processos.

Nas buscas, foram apreendidas 132 doses individuais de heroína, 40 de cocaína em estado sólido e duas de haxixe, mais de 3.500 euros em dinheiro, uma pistola modificada, uma espingarda, quatro automóveis e vários objetos alegadamente relacionados com o acondicionamento e preparação da droga.

Fonte: tvi24