Etiquetas

, , , ,


O primeiro discurso de Donald Trump no Congresso

Informação é avançada pela CNN. Pessoas do círculo próximo do atual presidente norte-americano terão estado em contacto com os russos, durante a campanha eleitoral

O FBI suspeita que pessoas do círculo próximo do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, estiveram em contacto com os russos durante a passada campanha eleitoral na Casa Branca, noticiou na quarta-feira a CNN.

Estes contactos, segundo a estação televisiva, que cita funcionários norte-americanos que falaram sob a condição de anonimato, “possivelmente” tiveram como objetivo coordenar a divulgação de informações para prejudicar a rival de Trump nas eleições, a candidata democrata Hillary Clinton.

O diretor do FBI, James Comey, compareceu na segunda-feira no Congresso, onde confirmou que a polícia federal norte-americana está a investigar a suposta ingerência do Kremlin nas eleições presidenciais, bem como os possíveis contactos entre o círculo de Trump e os russos.

Serviços Secretos pedem 60 milhões extra para proteger família Trump

Os Serviços Secretos dos Estados Unidos pediram um aumento de 60 milhões de dólares para o próximo ano para cobrir a proteção da família do Presidente, Donald Trump, e despesas de viagem, informou o jornal The Washington Post.

Quase metade desse valor – 26,8 milhões – destina-se à proteção da família presidencial na sua residência de três andares na Torre Trump de Manhattan, onde ainda vive a primeira-dama, Melania Trump, e o seu filho, Barron.

Com esses 26,8 milhões, os Serviços Secretos custeariam o arrendamento de espaços, o alojamento dos seus agentes e gastos com comunicações, entre outras despesas.

Fonte: tvi24