Etiquetas

, , ,


Águias são a equipa que melhor usa a bola

Águias são a equipa que melhor usa a bola

A confortável liderança do Benfica na Liga NOS deve-se a um estilo de jogo que privilegia a bola como nenhuma outra equipa em Portugal. Os dados estatísticos da empresa especializada InStat a que Record teve acesso mostram que os homens de Rui Vitória são os mais perigosos quando têm a bola, mesmo não sendo a equipa com a maior média de posse – esse estatuto pertence a FC Porto e Sporting, ambos com uma média de 61%, à frente dos 59% das águias.

A questão é que o Benfica é muito mais eficiente. Dona do melhor ataque da prova, com 34 golos, a equipa de Rui Vitória trabalha os lances de ataque como nenhuma outra.

Olhando apenas para os 23 golos resultantes de ataques de bola corrida, podemos ver que nenhuma equipa os prepara tanto como a de Rui Vitória. Tanto em tempo como no número de passes até ao remate final. Em média, cada golo de bola corrida do Benfica demora 26,8 segundos e 8,4 passes a construir.

Destes golos, 17 foram obtidos através de ataques posicionais (apenas o FC Porto tem um registo igual) e outros seis a partir de contra-ataques. O corredor direito originou 10 deles, o dobro do flanco oposto, sendo os outros oito resultado de açõs pelo centro do terreno.

Este registo coletivo dos encarnados é também explicado pelos números individuais. Pizzi é o futebolista da Liga com mais passes efetuados, num total de 1.215, dos quais 1.003 foram bem sucedidos. Em média, é também o jogador com mais passes tentados por jogo (74).

Mas a lista prossegue e encontram-se mais três jogadores do Benfica nos seis jogadores que mais passes tentam no campeonato português (Fejsa, Nélson Semedo e Lindelöf). Pizzi é também o jogador que mais passes de rutura tenta, acertando 46 por cento do total.

 

Autor: Sérgio Krithinas

Fonte: record